Peer to peer: aprendizagem a partir da interação entre alunos

30 outubro, 2018

A aprendizagem em paresPeer Instruction ou Peer to peer são nomes dados para o conceito de Eric Mazur. A ideia é que o conhecimento seja construído a partir da interação entre alunos.

A aprendizagem em pares revela abordagens colaborativas e ativas, onde o professor não possui mais a centralidade das aulas. Por outro lado, o aluno passa a ser o centro de sua aprendizagem, em colaboração com os seus pares em sala de aula e/ou espaços de aprendizagem. Para aplicar o Peer to peer, portanto, uma importante etapa é a elaboração de testes conceituais que promovem a interação entre os estudantes. Assim, eles trabalham com conceitos que servem de fundamento para a solução de problemas.

Acima de tudo, o Peer to peer possibilita ao professor um feedback imediato do nível de compreensão e conhecimentos prévios dos alunos. O levantamento das respostas pode ser feito por intermédio de várias alternativas.

Foto: Pexels

A aprendizagem em pares foi criada pelo professor Eric Mazur com a finalidade de seus alunos terem sucesso na disciplina de Física.

O método tem alguns passos para aplicação. Confira:

Primeiramente, o instrutor apresenta questões baseadas nas respostas dos estudantes a sua leitura pré-aula
Os estudantes refletem sobre as questões
Os estudantes se empenham para uma resposta individual
O instrutor revisa as respostas dos alunos
Os estudantes discutem suas ideias e respostas com seus pares
Os estudantes então se empenham novamente para uma resposta individual
Por último, novamente o instrutor revisa as respostas e decide se é necessário mais explicações antes de passar para o conceito seguinte.

Como engajar alunos na metodologia ativa e diminuir a resistência

Sala de aula invertida: quais as diferenças com a sala de aula tradicional


Compartilhar

RELACIONADOS